O parlamento holandês aprovou na última semana de junho/2011 uma lei que proíbe o sacrifício de animais em rituais. Apesar da manifestação contrária de organizações religiosas, o parlamento afirmou que a nova lei não vai contra o princípio da liberdade de manifestação religiosa. Um estudo da Universidade de Wageningen, no leste da Holanda, sustenta que o sacrifício em rituais causava mais dor do que o método habitual, que deixa o animal inconsciente antes de matá-lo.

Revista Razão Social – 05 Julho 2011

Deixe uma resposta